Supero


Por que eu não supero?
Meu corpo treme de febre, ardor dessa dor sem correspondência
meu estomago se revira a espera de um toque seu.
Que não vem, que não vem...
Por que eu ainda espero,
por que eu ainda quero?

Vem um vem outro eu me distraio, me deixo levar,
mas eu volto, vem e vai, e eu volto.
E espero um recado
e espero um dizer
que não vem, que não vem!

Meu corpo se embrulha nele mesmo buscando se encontrar
encontrar lá no fundo o que me acolhe.
Pra de novo eu não me ver,
nessa dor de ver mais uma te chamando de amor.
Que brega .
Por que isso me fere?

Você vem assim, na minha vida deixando todo seu rastro dentro. E vai solto, leve flutuando em outros ares.
Eu também quero flutuar
Mas vem um, vem outro
Eu não deixo nem me chamarem de meu bem
e já tem mais uma te chamando de amor.
E você não me deixou chamar de nada
você não me deixou te dizer nada!

Por que isso me interfere?

Esse eu não posto, não divulgo.
Eu escondo lá no meu fundo que ainda não superei
Eu escondo lá no meu fundo que te persigo em pensamentos
E que me afeto, e que me afeto.
E espero um toque seu, um contato...
Você não fica sozinho.


Imagem: Michael Parkes

6 comentários:

  1. Ai meldels, super me identifiquei uhauhauaha

    ResponderExcluir
  2. Ao meu afeto por você que me afeta...
    Gostei!
    =D

    ResponderExcluir
  3. Fiquei um tempão pensando e não queria admitir não, mas, como a pessoa do primeiro comentário, ME IDENTIFIQUEI. Bah...

    :*

    ResponderExcluir
  4. é... a dor do amor não correspondido, tds passamos por isso um dia, ou infelizmente vários

    ResponderExcluir
  5. Puxa!!! como doeu essa entrada em mim mesma e, tal qual fala a poesia, a gente esconde, foge, sublima, sei lá, mas tá lá, intacta. dorida, modifificada, mas tá lá, brincando de esconder, se fazendo lembrar na mudança de uma estação para a outra, no perfume guardado na memória, em alguém semelhante passando ao lado, mas tá ali a danada da lembrança...vc raciocina se tal pessoa vale ou valeu a pena, racionaliza, etc e tal, mas o coração, este não engana nem se deixa enganar (doença?) sei lá...pode mudar de cama, abrir cabeça e olhos para outro lugar, só o tempo, sei lá... Querida linda Sá, que tão maduramente exprimiu tantas coisas, lindo Sá, parabéns meu amor! Te admiro, viu querida? Vá fundo, me vi em você...beijoooosssss

    ResponderExcluir

faça o que tu queres! agradeço a interação

Related Posts with Thumbnails