Exílio



 Tava me preparando a dormir. O dia inteiro senti que queria escrever aqui... certa indulgência não me animava.




Tentei sem sentir forçado, passar o primeiro dia sem contato.

10 anos se passaram.

Guardo ainda um poema doído que naquele tempo me deixou... e sua rosa em papel sentido.
Eu guardo, não procurei mais, mas eu guardo.

Perdão.
Não amei,
e não contei.


Primeiro dia em que não nos falamos...um teste,
vai ser assim... distante em tato e voz,
a intimidade dentro de nós.

Recordo
Pé em gelo, sua mão firmava o cuidado, lábios no ombro, o toque do nariz perto da orelha.
um mesmo respirar
momentos
Intimidades mais íntimas que sexo.

Perdão
Amei
e não contei.




2 comentários:

  1. Há quanto tempo não passo por aqui. Tenho perdido tanta coisa!...

    Um beijo.

    ResponderExcluir

faça o que tu queres! agradeço a interação

Related Posts with Thumbnails